18.9.06

Os dez mandamentos

A Google ocupa hoje a 24a. posição entre as 100 maiores marcas do mundo, segundo pesquisa encomendada pela revista Business Week, tendo registrado um crescimento de 46% no último ano. Sua marca vale mais do que as de empresas tradicionais como Sony, Budweiser, HSBC, Ford e Nike, dentre outras.

Como você está careca de saber, "o sucesso não ocorre por acaso". A construção de marcas (branding) é um grande desafio, dá trabalho e exige das organizações muito mais do que bons produtos. Como a Google chegou lá? Uma boa pista é o decálogo que transcrevo a seguir, retirado do site deles:

1. Focalize o usuário e o resto é conseqüência.
2. É melhor fazer apenas uma coisa realmente muito bem.
3. Rápido é melhor do que lento.
4. Democracia, na web, funciona.
5. Você não precisa estar em sua mesa para precisar de uma resposta.
6. Você pode fazer dinheiro sem fazer o mal.
7. Há sempre mais informações lá fora do que aqui dentro.
8. A necessidade de informações cruza todas as fronteiras.
9. Você pode ser sério sem paletó-e-gravata.
10. Excelente não é bom o bastante.


É possível que você já tenha lido algo parecido nas declarações de missão de diversas empresas. O problema é que, quase sempre, tais declarações são conversa pra boi dormir, não se traduzem em ação. A diferença no caso da Google - sem entrar no mérito da sua postura imperialista - é que eles levam esse decálogo a sério.

2 comentários:

anja disse...

Andei por aqui me reciclando e mando um comentário geral:
-Tem razão: O Papa papa!
-Providenciando um jogo de volei...na praia. Vai torcer?
-São Google é que me salva!
-Se me chamasse Susan Bunda me suicidava.
-O truque do lencinho aprendi a fazer.
-Já colei o Xô Sarney lá no Multiblog faz tempo, tô so esperanu o estouro.
-Não consegui convite pro enterro :(
-Comigo acontece de usar frases que eram minhas e eu não sabia.
-E infelizmente não sou a dona da Mercedes.

bjoss

josé alberto farias disse...

Anja, você é simplesmente demais!