4.11.06

O que o Google me diz

Consultando o sitemap do Google, descobri que a maioria das pessoas que chegam aqui através daquela ferramenta estão em busca da Carolina Dieckmann nua. Até aí, nada demais, embora, por motivos alheios à minha vontade, esses visitantes certamente saem daqui frustrados.

Em segundíssimo lugar está o grupo que chega aqui em busca do ser estranho que apareceu após o tsunami. Será que o pessoal realmente acredita naquilo? Se sim, vou publicar uma foto que tenho do Saci Pererê montado na mula-sem-cabeça e virar líder de audiência.

O que realmente me incomoda é que a maioria parece não entender quando sou irônico. O único comentário que fizeram no tal post parece indicar que o comentarista pensou que eu estava escrevendo a sério.


5 comentários:

Carlos Emerson Junior disse...

Aliás e a propósito do seu post, até hoje, meses depois, a maior parte das pessoas que acessam meu blog é por (ainda) por causa daquele acidente que matou os garotos na Lagoa. E em segundo lugar está a queda do avião da Gol. Vá entender! O pessoal gosta de tragédia ?

Fabio Malini disse...

VAleu pelo link! Vai ser muito útil na tese. Alias, estou trancafiado e blogando pouco por causa dela.

Valeu e parabéns pelo blog... esse post foi ótimo. MEu fluxo é grande por conta do pornotube, algo que postei já algum tempo e que os tarados sempre lêem para saber o endereço do site...

É mole...?

Fugu F. disse...

Fique triste não. Na internet, a gente sempre acaba descobrindo que nos procuram pelo que temos de igual - e não de diferente. No Fruit, a lista de expressões pesquisadas é de chorar de rir. Mas, mais curioso ainda, é ver que alguém entrou lá buscando uma receita de papinha com macarrão cabelinho de anjo e passou a tarde lendo textos eróticos ... rsrsrs

Viviana disse...

Olá JAF,

A respeito, propriamente, do que dissestes sobre as pessoas (no geral) não entenderem o espírito irônico de alguns posts é lugar comum sim.

Acontece comigo também.

Logo teremos que inventar uma ferramenta para facilitar a interpretação dos textos, algo do tipo:

um post auto-explicativo! rsrsrs

Bjos!

jorge disse...

Alberto, como você fez essa estatistica pelo Google sitemap?