23.11.06

Tá certo!

Lido ontem, num banheiro da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA:

"A revolução começa por mijar dentro do vaso, seus porcos!"

6 comentários:

Baiano disse...

Depois dessa somente analisando o que Rui barbosa disse ao ladrão. Vejam só.




EU LEVO OU DEIXO?

Diz a lenda que Rui Barbosa, ao chegar em casa, ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal.
Chegando lá, constatou haver um ladrão tentando levar seus patos de criação.

Aproximou-se vagarosamente do indivíduo e, surpreendendo-o ao tentar pular o muro com seus amados patos, disse-lhe:

- Oh, bucéfalo anácrono! Não o interpelo pelo valor intrínseco dos bípedes palmípedes, mas sim pelo ato vil e sorrateiro de profanares o recôndido da minha habitação, levando meus ovíparos à sorrelfa e à socapa.
Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares da minha elevada prosopopéia de cidadão digno e honrado, dar-te-ei com minha bengala fosfórica bem no alto da tua sinagoga, e o farei com tal ímpeto que te reduzirei à qüinquagésima potência que o vulgo denomina nada.

E o ladrão, confuso, diz:

- Ô Dotô, eu levo ou deixo os pato?

Jorge disse...

O autor só se esquece que porco asseado é paradoxal.

Carlos Emerson Jr. disse...

José Alberto, o Baiano devia fazer um blog só com essas histórias.

Quanto à frase da Faculdade de Filosofia eu a completaria com o seguinte;
"e lavar as mãos quando acabar!"

Abraços

Baiano disse...

Carlos, porventura você está me convidando a sair deste blog? :(

Carlos Emerson Jr. disse...

Hum...entendi. Claro que não. E continue com as histórias. Acho muito legal essa facilidade de contar "causos".(e ainda acho que vale um blog do Baiano!)
Abraços!

Claudia disse...

Putz..
Que revolução limpinha, bobinha, caretinha..
Um saco..rs..
Bjk..