2.12.06

Pra não dizer que não falei do Dia Mundial de Combate à AIDS

Nos Estados Unidos e na Europa surgiram, na última década, os Círculos de Masturbação. São grupos de pessoas que se reúnem em locais adequados para a prática do sexo solitário, de forma não tão solitária assim. Não existe contato entre eles. A visão do outro se masturbando é que funciona como combustível para o tesão.
Para assegurar o anonimato, os locais dos encontros variam freqüentemente e são divulgados através de avisos codificados na Internet ou nos classificados de jornais.
Originalmente limitado a homens, já existem hoje grupos heterossexuais, formados por homens e mulheres que vêm nessa prática uma forma de dar vazão à sua libido, sem correr riscos.


3 comentários:

Ciça disse...

Britney fez cesaria????

Ah desculpa, mas se tu podes ver eu tb posso!

Carlos Emerson Junior disse...

Oi Ciça, fez sim, a cicatriz está lá de prova.

José Alberto, acho que no futuro, se o presente não mudar, vamos ter sexo através de máquinas, tipo cada um se liga num terminal e vai ter todas as sensações possíveis, só que de maneira virtual.
E que futuro horroroso heim ?
Abraços.

Anônimo disse...

José, este tipo de prática sexual existe aqui no Brasil também, mas ninguém teve a idéia de tornar isso um negócio com publicidade oficial. Trata-se das práticas masturbatórias recorrentes nos banheiros públicos masculinos. Está em todo canto do Brasil, onde há um banheiro público masculino. Em banheiro feminino uma mulher poderia opinar. Vou dar exemplos aqui na Bahia, Shopping Iguatemi, Piedade, Lapa, estação rodoviaria, Trade Center e tantos outros lugares mais, onde o flagrande é fácil devido a falta de pudor dos praticantes. Talvez você já tenha testemunhado o que digo.