2.2.07

Ainda há tempo?

A questão ambiental, mais especificamente o problema do aquecimento global, ainda não consegue mobilizar uma parcela expressiva da população brasileira. Continuamos, a despeito das evidências, cegos, surdos e mudos diante das graves ameaças à sobrevivência do nosso planeta. Como se a Terra fosse uma abstração e o futuro que nos espera - talvez não diretamente a nós, mas certamente a nossos filhos e netos - não passasse de um filme de ficção científica, cheia de efeitos especiais.

No Brasil, as adesões à "Mobilização pelo Planeta Terra", se existiram, passaram totalmente desapercebidas. Se os vizinhos não notaram, imaginem os jornais e as emissoras de TV.

O problema é sério! Para quem duvida, recomendo a leituta desta matéria publicada hoje no UOL, sobre o relatório divulgado ontem pela ONU.

Nós temos o dever de pressionar os governos no sentido de que sejam adotadas medidas urgentes contra esse estado de coisas. Mas há quem prefira, ainda, esperar que Deus resolva. Acontece que, diante da imensa insensatez humana, Deus já jogou a toalha.

Tenham um bom dia. Aproveitem enquanto isso ainda é possível.

3 comentários:

Cejunior disse...

José Alberto, estou esperando até agora (são 16:30 hrs, do dia 2/2) uma manifestação de qualquer autoridade do nosso Ministério do Meio Ambiente sobre o relatório da ONU (serve até do contínuo).
Parece que essa gente acredita que o Brasil não vai ser afetado.
A previsão de que a amazônia vire um grande cerrado é científica e vai acontecer logo, em até 50 anos. Caramba! E ninguém faz nada ???

Claudia disse...

Cara..
Vc nem imagina como fico preocupada c td isso..
Tento fazer minha parte..
Até já advoguei na Área Ambiental, mas vi tta alma vendida ao diabo e tive tta decepção q desisti.. Se até Deus jogou a toalha, imagine eu????
Mas ainda estou na luta à paisana.. rs..
Excelente post, Zé..
Bjo p vc..

poli disse...

Zé, se acalme, tudo isso é alarme exagerado, nós pobres mortais, não temos, infelizmente, a capacidade de governar nosso futuro, que dirá o da Natureza. Jamais o homem poderá prever tal cataclismo, é demais para a nossa capacidade cognitiva, tal feito. Portanto tudo isso é alarme de cego que acha que pode ver através da imaginação. Nós humanos somos um zero a esquerda no assunto Natureza, tivemos no passado atimosferas bem mais deleteria à vida que a prevista e, no entanto tudo se recuperou em total equilibriu, que aliás, a natureza é mestra nisto.
Portanto, calma Zé, calma.