2.3.07

Enfim, alguém que tem a coragem de assumir

Sérgio Cabral Filho, Governado do Rio de Janeiro, assumiu publicamente a necessidade de legalização do uso controlado de drogas no país. Sérgio tem o apoio pessoal do Presidente da OAB-RJ, Wadih Damous, e ambos prometem atuar no sentido de colocar na pauta do Congresso a discussão sobre o assunto.

Sempre fui favorável a essa medida - obviamente que associada a outras - como única capaz de conter o tráfico de drogas.

Agora, vamos acompanhar de perto de que modo nossos deputados e senadores irão conduzir a questão.

10 comentários:

Claudia disse...

Eu vi.. E bati palmas..
Pensei: Q cara corajoso.. Falar isso em público, em rede nacional é colocar o seu a reta.. São muitos setores envolvidos e interessados.. Gostei..
Mas essa seria a atitude mais sensata em relação às drogas.. Legalizando, as pessoas ainda iriam se drogar, como fazem com a bebida e o cigarro, mas aquelas que quisessem se matar, adoecer, o fariam sozinhas, não haveria o número de mortes de pessoas alheias nem tta violência p causa disso.. O alcance seria bem menor..
Um bom trabalho de saúde pública já ajudaria e muito..
Pago p ver..
Bjo.

Cejunior disse...

Sinto muito tirar a alegria da Claudia mas,como carioca e conhecendo bem o Serginho Cabral, tudo isso que ele falou é puro marketing político! Não se esqueça que o homem veio do... Garotinho!

Claudia disse...

Poxa..
Que balde de água fria, Cejunior.. rs..
Que pena saber disso..
Mas mesmo assim, não é comum esse assunto ser mencionado dessa forma, publicamente..
E fica a esperança de q se não for ele, outro segure essa bandeira, pq é muito importante.
Bjks p vcs..

Claudia disse...

Mais opiniões:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0303200706.htm

Bjos..

Ciça disse...

Eu já tinha cantado essa pedra a muito tempo, mas o povo acabou jogando todas elas de volta em mim, inclusive meu irmão hehehehe. Quero ver quem vai ter testiculos/utero para assumir essa no Congresso

Ciça disse...

Nem tinha lido os outros comentarios... criança, pl menos já é uma infima luz no fim do tunel alguém cogitar essa possibilidade

Fugu disse...

Cejunior: claro que é marketing. Mas marketing não quer dizer, necessariamente, mentira. O Cabral é ambicioso, tem planos para chegar ao Planalto e reduzir a criminalidade no Rio credenciaria qualquer um a candiatar-se à qualquer coisa. Não sonho mais com políticos "puros". Se eles conseguirem algum resultado, já solto rojões ... epa ... rojões? O bagulho tá chegando ... rsrsr

Cejunior disse...

Fugu: bem colocado! Mas veja só, o Cabral começou o governo atirando para todos os lados, da segurança pública à eficiência do estado. Tudo muito bonito mas, como ele aprendeu muito bem com Garotinho, apenas palavras.
Marketing puro. Isso não seria inconveniente se ele não fosse o Governador do Estado, eleito pelo voto direto e assim, fiador da confiança de milhões de pessoas.
Quem vive aqui sabe o que está acontencendo, realmente. Os salários do funcionalismo não estão sendo pagos. A violência recrudesceu. As cidades e estradas danificadas pelas chuvas de janeiro só viram o dinheiro do governo federal. Em resumo, o garoto fala muito e bonito, faz política como ninguém, mas, no fundo, não passa de um...garotinho!
Abraços

Cristina Lima disse...

Cêjúnior fala com bastante autoridade sobre o assunto. Aqui na serra as coisas já foram melhores, mas nem chega perto do que está na capital. Álcool e cigarro comum também são drogas e o governo arrecada muito imposto com elas. Serginho é realmente um bom garoto propaganda , mas acho que pior que garotinho ... Vamos ver se lucramos com a ambição dele. O mínimo que for feito já é lucro!

Pati Haddad disse...

Não votei nele e estou longe de me tornar sua defensora. No entanto, admito: marketing ou não, ele ganhou pntos comigo pela coragem de declarar isso publicamente.